quarta-feira, 1 de outubro de 2014

Bispos publicam nota por ocasião das Eleições 2014

Bispos de Mossoró, Natal e Caicó pedem voto consciente nas eleições

As eleições deste domingo, a Igreja Católica do Rio Grande do Norte divulga nota na qual os bispos das três dioceses pede atenção dos fieis para a responsabilidade na hora de votar. Para Dom Jaime Vieira Rocha (arcebispo de Natal), Dom Mariano Manzana (bispo de Mossoró) e Dom Antônio Carlos Cruz Santos (bispo de Caicó), a escolha dos cristãos, em relação aos candidatos, devem ser feitas “à luz dos valores do Evangelho” e, alertam que não é adequado se abster do processo político das eleições diante de “falhas” verificadas em partidos e/ou políticos.

Confira o texto na íntegra:
Caríssimos irmãos e irmãs em Cristo,
Querido Povo de Deus,
Já se aproxima o dia 05 de outubro, quando somos convocados a escolher dentre os candidatos, pelo voto livre e soberano, o presidente da República, o Governador do Estado, um senador e deputados estaduais e federais, sobre os quais confiaremos os destinos do Brasil e do Estado pelos próximos quatro anos. Trata-se de um grave desafio que exige responsabilidade de cada eleitor. Neste instante, nos dirigimos aos cristãos, em especial, os católicos dos quais nos identificamos como irmãos e pastores.
Todos são chamados a assumir o seu lugar próprio no enfrentamento deste desafio cidadão. Assumi-lo com decisão, buscando amparo e luzes nos valores do Evangelho. À Luz desses valores temos a chance de fazer uma leitura mais adequada da realidade complexa na qual estamos inseridos.
Temos convicção de que atentos e fiéis aos valores que emanam do Evangelho, cada eleitor poderá agir e decidir, fazendo escolhas capazes de gerar novos rumos no mundo da política brasileira. Há um momento primeiro que não pode ficar fora da pauta do cidadão que se orienta pela indissociável relação entre fé e vida.
Trata-se de uma discussão ética, ampla e fundamentada, a respeito de candidaturas, programas de governo e representatividade. A sociedade espera de cada um de nós o testemunho da fé, que se traduz na vivência do cotidiano, que tem muito a contribuir para a transformação da vida, com incidências próprias no âmbito político e partidário.
Os partidos políticos, assim como as organizações da sociedade civil são indispensáveis à democracia. São as artérias pelas quais a cidadania constrói, oxigena e aperfeiçoa a democracia. Criminalizar os partidos políticos e as organizações da sociedade civil porque seus membros falham, é criminalizar o exercício da cidadania e, por consequência, mutilar a própria democracia. Deve-se punir, sim, aqueles indivíduos que se utilizando das instituições cometem crimes contra a democracia e as conquistas políticas, sociais, econômicas, dentre outras, da cidadania.
Então, ao fazer nossas escolhas, é preciso compreender que, ao fazê-las sem critérios, estaremos gerando um grande prejuízo que incide sobre décadas da história futura e, de modo ainda mais perverso, no presente, sobre a vida dos mais pobres.
Cada um é convidado a compreender a política, conforme ensina o Papa Francisco, como uma das formas mais altas da caridade, porque busca o bem comum. Essa é mais uma oportunidade de aperfeiçoar a democracia a partir de reflexões, reuniões, voto consciente contra a corrupção e a favor da honestidade.
Todo cidadão tem direito a ser governado e representado por agentes políticos probos, íntegros e honrados. Este é o momento certo que o processo democrático nos oferece para garantir à sociedade o seu direito de exercer democraticamente o poder político, melhorando a representação. Agora é hora privilegiada de cada cidadão contribuir para qualificar a gestão pública e o serviço à política. Não é tarefa fácil fazer a melhor escolha.
Por isso, torna-se indispensável analisar programas e propostas das coligações partidárias e ponderar elementos, especialmente aqueles de inegociável sensibilidade social, num momento em que o pobre e o excluído precisam ter prioridade de tratamento e destinações. Não se pode dispensar o compromisso dos que têm competência para gerar e garantir dinâmicas de crescimento econômico e a consequente inclusão social, alargando as conquistas sociais nas áreas da saúde, educação, assistência social, da agricultura familiar e convivência com o semiárido.
Por tais razões, já não é possível se deixar levar por apelos emotivos e falsas promessas dos candidatos que preferem enganar o eleitor a se comprometer com os graves problemas que a maioria dos brasileiros, no momento,  se encontra submergida. Basta lembrar como anda a saúde, a educação, a segurança pública e a situação hídrica que lhe aflige no município em que cada um reside.
Lembremo-nos que o ato de votar não encerra a nossa participação cidadã, mas requer ainda mais uma participação de todos na construção de um modelo de Estado republicano, fundado sob a cidadania, centrado na pessoa e na dignidade humana,onde a tônica principal do desenvolvimento não seja apenas o mercado e o lucro, mas, acima de tudo, a comunidade dos cidadãos, alicerçada na defesa e promoção da justiça, da fraternidade, da igualdade de direitos, da solidariedade, e cuja prática política esteja plasmada nos valores ética e da promoção e defesa da vida de cada pessoa, especialmente dos mais pobres e indefesos, as crianças e idosos.
Por fim, rogamos ao Senhor Deus que derrame sobre cada eleitor brasileiro e potiguar, o Dom do Espírito Santo: da sabedoria e da inteligência, do discernimento e da caridade, a fim de que possamos fazer nossas escolhas amparadas nos princípios do Bem Comum, da supremacia do interesse público, da justiça social e da paz entre os povos. Com especial bênção apostólica.
 Dom Jaime Vieira Rocha
Arcebispo de Natal
 Dom Mariano Manzana
Bispo de Mossoró
 Dom Antônio Carlos Cruz Santos, MSC
Bispo de Caicó

Pesquisa aponta que quase metade dos idosos não recebem aposentadoria

A Organização Internacional do Trabalho (OIT) divulgou nesta quarta-feira (1), data em que é lembrado o Dia do Idoso, que quase metade da população mundial que possui idade para se aposentar não recebem qualquer espécie de benefício. São aproximadamente 48% dos homens e mulheres de idade mais avançada que não têm garantia alguma de renda, enquanto os outros 52% que ganham esse tipo de provento, não recebem o valor adequado.
Somente no Brasil, os dados indicam que 86,3% dos idosos são aposentados. Segundo a Pesquisa Nacional de Amostra de Domicílios, do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), essa parcela da população já soma cerca de 26,3 milhões de pessoas – número que representa 13% dos brasileiros. No entanto, a expectativa é que esse percentual aumente até 2060, chagando a 34% da população, segundo a previsão do IBGE.
A OIT alerta para as condições em que sobrevivem as pessoas com 60 anos ou mais em todo o mundo. São em torno de setecentos milhões de homens e mulheres, da qual a maioria ainda precisa trabalhar para se manter, muitas vezes sem receber um salário justo e em situações precárias. O estudo aponta, ainda, que muitos países de média e baixa renda expandiram consideravelmente a cobertura previdenciária com a concessão de pensões sociais financiadas por impostos.
Países como a China, a Tailândia, o Timor Leste e a Tunísia são onde esses avanços foram mais expressivos, segundo a Organização Internacional do Trabalho. A cobertura previdenciária dessas nações passou de 25% para mais de 70% em apenas uma década.
A OIT destaca, no entanto, que tão importante quanto expandir a cobertura é pagar adequadamente os benefícios aos idosos, umas vez que eles possuam o direito de se aposentarem com dignidade.
ldrimarck Rauel

Vaticano investigou padre Marcelo Rossi por quase 10 anos

Divulgação

O padre Marcelo Rossi teve seus passos, CDs, livros, missas e aparições na TV seguidos de perto pelo Vaticano do final dos anos 90 até cerca de quatro anos atrás.
A investigação, que durou quase 10 anos, foi provocada por uma denúncia feita por um religioso brasileiro, que acusou o padre de culto ao personalismo, exibicionismo por ir demais às TVs, de desvirtuar as práticas católicas e de transformar a missa em uma espécie de "circo".
A investigação foi comandada pela Congregação para a Doutrina da Fé, liderada pelo cardeal Joseph Ratzinger, que mais tarde se tornaria o papa Bento 16.  ACongregatio pro Doctrina Fidei é o novo nome que o Vaticano dá para a assassina Inquisição.
UOL apurou com exclusividade que, entre o final dos anos 90 e a década de 2000, a Congregação recebia regularmente vídeos com as participações do padre Marcelo em programas como o de Gugu Liberato no SBT e de Fausto Silva, na Globo.
A Cogregatio matou na fogueira, por asfixia ou afogamento centenas de milhares de pessoas no mínimo entre os séculos 12 e século 19 (mas há relatos de incipientes matanças já no século 10).
A Inquisição também calou, excomungou ou proibiu de ensinar milhares de padres e freiras ao redor do mundo até o presente.
Procurada, a assessoria do padre Marcelo e do bispo dom Fernando, da Mitra de Santo Amaro, superior direto do padre, disseram desconhecer a investigação. A assessoria do padre afirma que, "se isso realmente ocorreu, trata-se de um fato do passado."
O Vaticano, por meio de sua embaixada no Brasil, se recusou a se manifestar a respeito.
Procurada por telefone e por e-mail durante vários dias, a CNBB também se calou sobre o fato.
A investigação foi feita no Vaticano ao mesmo tempo em que ocorriam outras centenas de investigações a respeito de outros padres, freiras e bispos ao redor do mundo.
A Congregação costuma se reunir aos sábados, no Vaticano.
PERTO DA SUSPENSÃO
A reportagem do UOL levantou junto a fontes da Santa Sé que o padre Marcelo Rossi e o bispo dom Fernando estiveram a ponto de serem chamados ao Vaticano para prestar contas, no final de 2004 e início de 2005.
O padre esteve próximo de ter suas atividades suspensas, bem como a publicação de livros e CDs --por pressão do denunciante, cuja identidade o Vaticano mantém oculta sob sete chaves. Ele não poderia mais celebrar missas, ouvir confissões e dar a hóstia.
Curiosamente, o que acabou por livrar padre Marcelo da punição foi a morte do papa João Paulo 2º, em abril de 2005, quando praticamente toda a atividade da Congregação para a Doutrina da Fé foi interrompida com a eleição de Ratzinger para o posto de novo papa. Ele era o "prefeito" da congregação.
BARRADO NO BAILE
Em 2007, padre Marcelo tentou se reunir com papa Bento 16 durante a visita deste ao Brasil.
No entanto, o padre foi impedido de se encontrar com Bento 16. Segundo dados obtidos pelo UOL, quem impediu o papa de aceitar o encontro foram funcionários da Congregação que estavam presentes na comitiva de Bento 16.
Segundo eles, não cairia bem ao papa receber um religioso que estava "sob investigação". Bento 16 concordou e se recusou a receber Marcelo Rossi no mosteiro de São Bento. O padre o aguardara desde as 5h e mal havia dormido, de tão ansioso que estava pelo encontro.
Na ocasião, o UOL publicou reportagem contando o ocorrido, sobre o impedimento do padre, com exclusividade. Padre Marcelo então negou veementemente que isso tivesse acontecido.
Dois anos atrás, porém, em entrevista à revista "Veja", o padre se retratou e confirmou que a reportagem estava correta e que, sim, fora barrado pela comitiva de Bento 16.
O que o padre não sabia era que o veto se devia à investigação a que ele estava sendo submetido pelo Vaticano.

No final de 2009, a Congregação decidiu encerrar as investigações sobre padre Marcelo. Ele foi inocentado de todas as falsas "acusações".
O padre Marcelo Rossi foi recebido por Bento 16, no Vaticano, em 2010
Em 2010, o padre finalmente foi recebido por Bento 16, no Vaticano, e este lhe outorgou um prêmio de Evangelizador Moderno, concedido pela Fundação São Mateus.
Foi o final feliz para quase dez anos de suspeitas sobre o trabalho do padre, que chamou a atenção desde que um de seus CDs vendeu quase 3,5 milhões de cópias e se tornou um fenômeno social e midiático.
 UOL

Assaltante morre em confronto com a Polícia em Alexandria


Uma troca de tiros entre o Grupo Tático Operacional (GTO) de Alexandria e um assaltante acabou com o bandido morto na madruga de hoje (30). De acordo com informações do GTO, o homem estava com uma moto roubada, ele teria praticado um assalto na cidade de Frutoso Gomes, durante a fuga ele atirou contra os policiais que estavam em uma viatura da polícia da cidade.
O grupo tático de Alexandria foi acionado e após realizar diligências conseguiu visualizar o suspeito, que reagiu a abordagem, atirando contra os policiais. Em troca de tiros com a polícia, o acusado acabou sendo atingido com vários tiros. Ele ainda chegou a ser socorrido pelos policiais, mas morreu a caminho do hospital.
O suspeito não foi identificado, pois não estava portando documentos. Segundo a polícia, o confronto aconteceu na cidade de Frutoso Gomes.
Numinuto

TSE recebeu três representações por homofobia contra Levy Fidelix

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) pode julgar, ainda hoje (30), os pedidos de direito de resposta ajuizados contra o candidato à Presidência da República, Levy Fidelix (PRTB). Com menos de 1% da intenção de votos segundo as últimas pesquisas, Fidelix é acusado de homofobia durante debate entre os presidenciáveis, nesse domingo (28). Defensores dos direitos LGBT acusam o candidato de ter incitado o ódio contra lésbicas, gays, bissexuais, transexuais e travestis ao explicar porque é contrário ao casamento entre pessoas do mesmo sexo.
Três representações contra o candidato foram protocoladas no TSE. A primeira, ajuizada pela Comissão Nacional da Diversidade Sexual da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), requer que parte do tempo de propaganda eleitoral gratuita a que o candidato tem direito seja destinada para que entidades de defesa da comunidade LGBT se manifestem sobre as declarações de Fidelix. A OAB também pede a cassação do registro de  sua candidatura.
Conforme a Agência Brasil divulgou no último dia 23, o horário eleitoral gratuito deste ano custará mais de R$ 839 milhões aos cofres públicos em isenções fiscais concedidas às emissoras de rádio e TV que veiculam o horário eleitoral obrigatório.
Para a comissão da OAB, o candidato fez afirmações “injuriosas e depreciativas contra a população LGBT”, inclusive incitando à violência. “Aparelho excretor não reproduz. Como é que pode um pai de família, um avô ficar escorado porque tem medo de perder voto? Prefiro não ter esses votos, mas ser um pai, um avô que tem vergonha na cara, que instrua seu filho, que instrua seu neto. Vamos acabar com essa historinha". "Nós tratamos a vida toda com a religiosidade para que nossos filhos possam encontrar realmente um bom caminho familiar".
“Apesar de no Brasil ainda não haver uma legislação específica que puna a homofobia, não se pode subtrair a punição ao crime eleitoral, configurado nesse caso, pelas práticas de injúria, difamação e calúnia”, disse à Agência Brasil a presidenta da comissão da OAB, Maria Berenice Dias. Para a advogada, ao proferir “manifestações chulas e comparar orientação sexual à pedofilia”, o candidato demonstrou ser “absolutamente desqualificado para concorrer a um cargo público.
“As pessoas têm direito a expressar livremente suas opiniões, desde que não ofendam e não atinjam a integridade moral de outras pessoas. É terrível alguém em sua própria casa ter que ouvir uma manifestação dessa natureza, que causa dano moral não só aos que integram a comunidade LGBT, mas aos seus familiares, amigos e simpatizantes”, acrescentou a advogada.
A solicitação da OAB vai ser analisada pelo ministro Tarcísio Vieira. O pedido de direito de resposta pode ser julgada monocraticamente, ou seja, pelo próprio relator do processo de forma que a decisão pode ser anunciada ainda hoje. Já o pedido de cassação do registro de candidatura, em tese, deverá ser levado a plenário, para que outros ministros se manifestem sobre o voto do relator. Ainda não há previsão de quando isso pode ocorrer. Devido ao período eleitoral e à proximidade do primeiro turno, no próximo domingo (5), o TSE terá sessões todos os dias úteis durante esta semana.
As outras representações propostas pedem ao tribunal que aplique a multa máxima prevista para o caso de propaganda ilegal, com a agravante desta ter sido feita com o propósito de incitar o ódio. Uma das representações foi apresentada, em conjunto, pela também candidata à Presidência da República, Luciana Genro, e pelo deputado federal candidato a mais um mandato, Jean Wyllis, ambos do PSOL. A terceira foi ajuizada pelo PSTU. As representações serão julgadas pelo ministro Herman Benjamim.
Na representação conjunta, Luciana - autora da pergunta sobre o posicionamento de Fidelix quanto à violência sofrida pela população LGBT e de sua opinião em relação ao casamento e à união civil entre pessoas do mesmo sexo -  e Wyllis destacam o trecho em que Fidelix diz que “se começarmos a estimular isso aí, daqui a pouco, o Brasil [que tem, hoje 200 milhões de habitantes] vai reduzir para 100 milhões. Vai pra [Avenida] Paulista e anda lá. Vê. É feio o negócio, né? Então, gente, vamos ter coragem, nós somos maioria, vamos enfrentar essa minoria”.
O site do candidato não é atualizado desde antes do debate. Fidelix usou sua conta pessoal no Twitter uma única vez ontem, mas não comentou a polêmica. A Agência Brasil não conseguiu contatar a assessoria do candidato até a publicação desta matéria.
Agência Brasil

Candidatos debatem propostas para o governo do RN na Inter TV Cabugi

Debate foi realizado pela afiliada da Rede Globo na noite desta terça (30). Participaram do encontro candidatos do PMDB, PSD, PSOL e PSL.

Quatro candidatos ao governo do Rio Grande do Norte participaram de debate realizado pela Inter TV Cabugi, afiliada da Rede Globo, na noite desta terça-feira (30) em Natal. No encontro, foram abordados temas como segurança, saúde, economia, recursos hídricos, pesquisas eleitorais e alianças políticas. Dividido em três blocos, o debate foi mediado pelo jornalista Ari Peixoto. Os candidatos fizeram perguntas entre si em dois blocos seguidos sobre temas livres e sorteados. No terceiro bloco, cada candidato fez suas considerações finais.

Participaram do debate Henrique Eduardo Alves (PMDB), Robinson Faria (PSD), Professor Robério Paulino (PSOL) e Araken Farias (PSL). A candidata do PSTUSimone Dutra, foi a única que não participou do encontro porque seu partido não tem representatividade no Congresso Nacional. As regras de participação no debate foram apresentadas em reunião com representantes de todos os partidos.

Nas considerações finais, Araken Farias fez um comentário sobre a corrupção no país e fez um apelo para que os eleitores não vendam seus votos. "Cabe a você, eleitor, decidir no dia 5 de outubro. Vote em quem apresentou propostas para o Rio Grande do Norte", disse.
Na sequência, o Professor Robério Paulino disse: “Entendo a revolta dos eleitores com os políticos, mas não vote nos mesmos de sempre. O PSOL é uma opção melhor. Pesquise não só as propostas, mas também a história de cada candidato. Dê uma chance ao novo. Podemos ir ao segundo turno”.


O terceiro a falar foi Henrique Eduardo Alves. O candidato do PMDB pediu para o eleitor comparar e decidir antes de votar. "Você que viu e ouviu as histórias, que conhece o estado, sabe que não se pode mais aventurar, errar. É preciso mudar. Não dá para se arrepender quatro anos depois. E não se muda com radicalismo. É preciso força polícia para conquistar parcerias", concluiu.

O candidato Robinson Faria falou sobre um momento de ruptura com a estrutura política do estado e convidou o eleitor para participar de uma "grande mudança" no Rio Grande do Norte. "Até hoje cheguei aqui alimentado por um sonho de ousadia, resistência e coragem. Quero convidar você a fazer parte dessa história, um momento em que mudaremos práticas atrasadas e coronelistas", disse.

Regras
A ordem em que os candidatos fizeram perguntas foi sorteada com a presença de representantes de todos os partidos. O debate teve três blocos. No primeiro e no segundo bloco houve uma rodada de perguntas com tema livre e uma rodada com tema determinado. O terceiro bloco foi reservado para as considerações finais de cada candidato.

Nos dois primeiros blocos, cada candidato teve direito a fazer uma pergunta de tema livre e uma pergunta de tema determinado. Os candidatos podem ser escolhidos para responder a no máximo duas perguntas na parte de tema livre e duas na parte de tema determinado.

Os candidatos tiveram trinta segundos para fazer as perguntas. Os candidatos escolhidos tiveram um minuto e meio para a resposta. As réplicas e tréplicas tiveram duração de um minuto. No último bloco, cada candidato teve um minuto para fazer as considerações finais.

G1-RN

Ibope: Dilma tem 39% das intenções de voto; Marina, 25% e Aécio, 19%

Pesquisa Ibope divulgada ontem (30) mostra a candidata Dilma Rousseff (PT) com 39% das intenções de votos para presidente da República. A candidata pelo PSB, Marina Silva, aparece com 25%  e Aécio Neves (PSDB) tem 19%. A pesquisa foi encomendada pela TV Globo e pelo jornal O Estado de S. Paulo. A pesquisa anterior, divulgada no dia 23, Dilma tinha 38%, Marina, 29% e Aécio, 19%.
Na pesquisa, o candidato Pastor Everaldo (PSC) e Luciana Genro (PSOL) marcam um 1% cada das intenções de voto. Eduardo Jorge (PV), Zé Maria (PSTU), Eymael (PSDC), Levy Fidelix (PRTB), Mauro Iasi (PCB) e Rui Costa Pimenta (PCO) têm juntos 1%. Votos nulos ou brancos somam 7% e os indecisos são também 7%.
Em um possível segundo turno entre Marina e Dilma, Dilma teria 42% dos votos e Marina, 38%, o que configuraria um empate técnico devido à margem de erro da pesquisa, que é 2 pontos percentuais, para mais ou para menos. Brancos e nulos somariam 12% e 8% não sabem ou não responderam.
Em um segundo turno entre Dilma e Aécio, Dilma sairia vencedora com 45% contra 35% dos votos. Brancos e nulos, 12% e indecisos, 8%. Entre Marina e Aécio, Marina teria 38% dos votos contra 34% de Aécio, o que também configura empate técnico. Brancos ou nulos somariam 16% e não sabem ou não responderam, 12%.
Quanto a rejeição aos candidatos, Dilma tem o maior índice, 31%; Marina, 20%; Aécio, 19%; Pastor Everaldo, 14%; Levy Fidelix, 11%; Zé Maria, 10%; Eymael, 10%; Luciana Genro, 9%; Mauro Iasi, 9%; Rui Costa Pimenta, 8%; Eduardo Jorge, 8%.
A avaliação do governo Dilma foi considerada ótima ou boa por 38% dos entrevistados. Os que responderam regular somam 33%. Já os que consideram o governo ruim ou péssimo foram 28% e 1% não soube responder.
O Ibope ouviu 3.010 eleitores em 203 municípios do país entre os dias 27 e 29 de setembro. O nível de confiança é 95%. A pesquisa foi registrada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sob o protocolo BR-00909/2014.
Agência Brasil

terça-feira, 30 de setembro de 2014

Seca: Governo decreta emergência e estima prejuízo de R$ 4,6 bilhões

Devido à seca, Governo decreta situação de emergência pela sétima vez consecutiva
O Governo do Rio Grande do Norte decretou, nesta terça-feira (30), situação de emergência por 180 dias em 145 municípios do interior do estado devido à estiagem e aos baixos níveis dos reservatórios de água pelo interior. De acordo com o decreto, a Secretaria de Meio Ambiente e dos Recursos Hídricos (Semarh) apontou para a continuidade do grave quadro na estiagem, com a maior parte dos reservatórios com percentual de armazenamento inferior a 50% de sua capacidade máxima. Dentre esses, quinze açudes têm armazenamento inferior a 10%. Esta é a sétima publicação seguida sobre o tema.

O último decreto que tratava sobre emergência devido à seca havia vencido no dia 14 de setembro. O Governo temia pela morosidade em publicação e novo decreto (que ainda estava sob avaliação) porque a continuidade de alguns projetos de combate à seca dependiam dele, como o programa de venda de milho em balcão da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab).


Nas justificativas para o novo decreto por 180 dias, o Governo lembrou o relatório elaborado pela Caern que aponta colapso no sistema de abastecimento de água em cinco Municípios do Estado do Rio Grande do Norte em razão da escassez de água, alé de mais oito Municípios poderão ter seus sistemas de abastecimento paralisados até dezembro de 2014. 


Além disso, o Governo também explicou que o diagnóstico de chuvas formulado pela Empresa de Pesquisa Agropecuária do Rio Grande do Norte (EMPARN) aponta para uma queda de 35% na média de chuvas e que o inverno, até o presente momento, não está com índices pluviométricos capazes de contribuir para a formação de estoques de água nos principais reservatórios do estado.


Segundo o Executivo, a estimativa da Secretaria de da Agricultura para o ano de 2014 é de prejuízo de R$ 4,6 bilhões na produção agropecuária do estado, o que representa uma redução de quase 57% na contribuição do setor rural para a formação do Produto Interno Bruto (PIB) potiguar, se comparada a uma situação de normalidade das condições climáticas.


Como a validade do decreto é de seis meses, esse será o último da gestão da governadora Rosalba Ciarlini (DEM), que não disputa a reeleição e deixará o comando do Governo no fim deste ano.

Confira a lista dos municípios que estão em situação de emergência:
 
1) Acari, 2) Assu, 3) Afonso Bezerra, 4) Água Nova, 5) Alexandria, 6) Almino Afonso, 7) Alto dos Rodrigues, 8) Angicos, 9) Antônio Martins, 10) Apodi, 11) Areia Branca, 12) Baraúnas, 13) Barcelona, 14) Bento Fernandes, 15) Bodó, 16) Brejinho, 17) Boa Saúde, 18) Bom Jesus, 19) Caiçara do Norte, 20) Caiçara do Rio do Vento, 21) Caicó, 22) Campo Redondo, 23) Caraúbas, 24) Carnaúba  dos Dantas, 25) Carnaubais, 26) Cerro-Corá, 27) Coronel Ezequiel, 28) Campo Grande, 29) Coronel João Pessoa, 30) Cruzeta, 31) Currais Novos, 32) Doutor Severiano, 33) Encanto, 34) Equador, 35) Espírito Santo, 36) Felipe Guerra, 37) Fernando Pedroza, 38) Florânia, 39) Francisco Dantas, 40) Frutuoso Gomes, 41) Governador Dix-Sept Rosado, 42) Grossos, 43) Guamaré, 44) Ielmo Marinho, 45) Ipanguaçu, 46) Ipueira, 47) Itajá, 48) Itaú, 49) Jaçanã, 50) Jandaíra, 51) Janduís, 52) Japi, 53) Jardim de Angicos, 54) Jardim de Piranhas, 55) Jardim do Seridó, 56) João Câmara, 57) João Dias, 58) José da Penha, 59) Jucurutu, 60) Jundiá, 61) Lagoa Nova, 62) Lagoa Salgada, 63) Lagoa d'Anta, 64) Lagoa de Pedras, 65) Lagoa de Velhos, 66) Lajes Pintadas, 67) Lajes, 68) Lucrécia, 69) Luís Gomes, 70) Major Sales, 71) Marcelino Vieira, 72) Martins, 73) Messias Targino, 74) Monte das Gameleiras, 75)  Monte Alegre, 76) Mossoró, 77) Nova Cruz, 78) Olho d’Água dos Borges, 79) Ouro Branco, 80) Passagem, 81) Paraná, 82) Paraú, 83) Parazinho, 84) Parelhas, 85) Passa e Fica, 86) Patu, 87) Pau dos Ferros, 88) Pedra Grande, 89) Pedra Preta, 90) Pedro Avelino, 91) Pendências, 92) Pilões, 93) Poço Branco, 94) Portalegre, 95) Porto do Mangue, 96) Serra Caiada, 97) Rafael Fernandes, 98) Rafael Godeiro, 99) Riacho da Cruz, 100) Riacho de Santana, 101) Riachuelo, 102) Rodolfo Fernandes, 103) Ruy Barbosa, 104) Santa Cruz, 105) Santa Maria, 106) Santana do Matos, 107) Santana do Seridó, 108) Santo Antônio, 109) São Bento do Norte, 110) São Bento do Trairi, 111) São Fernando, 112) São Francisco do Oeste, 113) São João do Sabugi, 114) São José do Campestre, 115) São José do Seridó, 116) São M. do Gostoso, 117) São Miguel, 118) São Paulo do Potengi, 119) São Pedro, 120) São Rafael, 121) São Tomé, 122) São Vicente, 123) Senador  Elói de Souza, 124) Serra Negra do Norte, 125) Serra de São Bento, 126) Serra do Mel, 127) Serrinha dos Pintos, 128) Serrinha, 129) Severiano Melo, 130) Sítio Novo, 131) Taboleiro Grande, 132) Taipu, 133) Tangará, 134) Tenente Ananias, 135) Tenente Laurentino Cruz, 136) Tibau, 137) Timbaúba dos Batistas, 138)  Touros, 139) Triunfo Potiguar, 140) Umarizal, 141) Upanema, 142) Várzea, 143) Venha-Ver, 144) Viçosa, 145) Vera Cruz.

Tribuna do Norte

Pagamento dos servidores estaduais começa nesta terça-feira (30)

As Secretarias de Estado do Planejamento e das Finanças (Seplan) e da Administração e dos Recursos Humanos (Searh) informam que o calendário de pagamento dos salários dos servidores estaduais relativo ao mês de setembro será da seguinte forma:  

Nesta terça-feira (30), ao meio dia, será creditado o pagamento de todos os servidores da Segurança, Saúde e Educação (inclusive UERN), bem como todos os servidores do DETRAN, IDEMA, DEI, JUCERN e IPEM, independente do valor do salário, que representam um total de 60.055 servidores;

Na terça-feira também recebem os servidores ativos e inativos das demais áreas que ganham até R$ 2 mil líquidos – que somam 33.409 servidores;

No dia 10 de outubro, sexta-feira, ao meio dia, foi creditados os salários dos servidores ativos e inativos que recebem acima de R$ 2 mil líquidos - 9.377 servidores, que representam 9% do total.

93.464 servidores receberão o pagamento dentro do mês, o que equivale a 91% da folha do Estado.

ASSECOM/RN

Datafolha: Dilma tem 40 %, Marina 25 % e Aécio 20 %

A pesquisa Datafolha divulgada nesta terça-feira mostra que a presidente Dilma Rousseff, candidata à reeleição pelo PT, tem 40 % das intenções de voto e que Marina Silva, do PSB, tem 25 %. O terceiro colocado, Aécio Neves (PSDB), marcou 20 %.

No levantamento anterior, divulgado na sexta-feira passada, Dilma tinha 40% das intenções de voto; Marina Silva tinha 27% e Aécio Neves, em terceiro lugar, marcava 18%. Brancos e nulos somaram 5% e aqueles que não sabem em quem irão votar eram 6%.

Na simulação de segundo turno da pesquisa passada, Dilma, com 47%, e Marina, com 43%, estavam em empate técnico, com a petista numericamente à frente da candidata do PSB. Na disputa entre Dilma e Aécio, a presidente ganharia por 50% das intenções de voto, contra 39% dos tucanos.

A pesquisa do Instituto Datafolha, encomendada pela Rede Globo e pelo jornal Folha de S.Paulo, ouviu 7.526 entrevistados entre esta segunda e terça-feira. A pesquisa foi registrada no TSE sob o protocolo BR-00905/2014.

Fonte: O Globo 

A PRIMEIRA ASSEMBLÉIA DO NUCA‏ FOI UM SUCESSO

O município de São Miguel, em busca da conquista do Selo UNICEF edição 2013/2016, vem desenvolvendo diversos projetos sociais voltados para a cidadania da criança e do adolescente. Na festa feira, 26 de setembro de 2014, o Grupo Setorial responsável pelas ações UNICEF, realizou a Primeira Assembleia do Núcleo de Participação Desenvolvimento de Cidadania da Criança e do Adolescente – NUCA.
O encontro aconteceu no PETI e reuniu alunos de várias escolas da rede municipal. De acordo com o Chefe de Gabinete e Articulador do Selo Unicef, responsável também pela palestra, o projeto será implantado em todas as escolas polos e todos os trabalhos desenvolvidos serão sempre em parceria escola/aluno e comunidade.
A Secretária de Educação e Presidente do CMDCA desse município, Luzinete Cesário de Araújo esteve presente e demonstrou segurança em mais uma vitória de poder reunir tantos jovens adolescentes interessados nas politicas públicas do município. Para Ela não se trata apenas de mais um conquista para o Selo, mas reconhecer que o município dele lutar pela dignidade do público alvo. Segundo José Barbosa, Articulador, tudo vem acontecendo de acordo com o esperado. “Se todas as secretarias municipais, escolas e comunidade se envolverem nesse processo, São Miguel será campeão por mais uma vez”, completou.
O encontrou contou com presenças também dos Departamentos de Cultura, de Ensino e de Esportes, representados por Katiane Torres, Maciel Nascimento, Socorro Rêgo e Carlinhos de Chico Pedro, assim como o Vereador Toinho de Fátima, o embaixador do Selo UNICEF Leonardo Gonçalves, Diretores de Escolas, professores, profissionais do PETI e do blogueiro João Paulo Oliveira. Nos próximos dias o NUCA iniciará o projeto de mapeamento na Cidade.

Inter TV Cabugi promove debate com candidatos ao governo do RN

Araken Farias (PSL), Henrique Eduardo Alves (PMDB), Professor Robério Paulino (PSOL), Robinson Faria (PSD) e Simone Dutra (PSTU) são candidatos ao governo do RN (Foto: Divulgação/Assessorias de campanha)

O último debate com os candidatos ao governo do Rio Grande do Norte na TV aberta acontece na noite desta terça-feira (30) na Inter TV Cabugi. O programa vai ao ar logo após a novela Império, e terá a mediação do jornalista Ari Peixoto. Dos cinco candidatos ao governo do RN apenas Simone Dutra, candidata do PSTU, não participará do debate. Participam: Araken Farias (PSL), Henrique Eduardo Alves (PMDB), Professor Robério Paulino (PSOL) e Robinson Faria (PSD).


O diretor de jornalismo da Inter TV Cabugi, Luiz Veiga, acredita que o debate irá ajudar os eleitores na escolha do melhor candidato. "Tradicionalmente esse é um debate decisivo, é o último da TV aberta, e que pode ajudar o eleitor a definir o voto. Esperamos que os candidatos evitem ataques pessoais e aproveitem a oportunidade para discutir propostas que é o que o eleitor quer ouvir", disse.
O jornalista Ari Peixoto, que está em Natal para mediar o debate, espera um confronto de ideias de alto nível para contribuir com o alto percentual de indecisos no estado. "O percentual de indecisos está alto no estado então esperamos que seja um debate propositivo que ajude o eleitor a escolher o candidato", afirmou.
A ordem em que os candidatos farão perguntas foi sorteada com a presença de representantes de todos os partidos. De acordo com as regras, o debate terá três blocos. No primeiro e no segundo bloco haverá uma rodada de perguntas com tema livre e uma rodada com tema determinado. O terceiro bloco será para as considerações finais de cada candidato.
Nos dois primeiros blocos, cada candidato terá direito a fazer uma pergunta de tema livre e uma pergunta de tema determinado e poderá ser escolhido para responder a, no máximo, duas perguntas na parte de tema livre e duas na parte de tema determinado.
Os candidatos terão trinta segundos para fazer a pergunta; o candidato escolhido para responder terá um minuto e meio para a resposta; o candidato que perguntou terá um minuto para a réplica; e o candidato que respondeu terá um minuto para a tréplica. No último bloco, cada candidato terá um minuto para fazer as considerações finais.
G1-RN

O ENCERRAMENTO DA FESTA DE SÃO MIGUEL ARCANJO BATEU RECORDE DE VOTOS

Uma multidão de fiéis acompanhou a procissão de enceramento da festa do padroeiro São Miguel Arcanjo, segundo a polícia Militar cerca de 15mil pessoas participou do evento religioso.

Participou da procissão junto com Padre Valdaci Administrador Paroquial os devotos e devotas do Arcanjo Miguel e Padres de outras Paróquias. Durante a procissão mais uma vez o desrespeito carros estacionados e motos durante o percurso da procissão. Uma festa tão linda  mas ainda tem pessoas que não respeita.  

A procissão passou pelas principais ruas da cidade os fiéis cantaram rezarão pagarão suas promessas ao arcanjo São Miguel, após foi celebrada a missa onde esteve presente Bispo da diocese de Iguatu Cerará que presidiu a celebração.

Um dos momentos mais esperado a queima da bateria que este ano foi mais de mil metros de extensão, a bateria é feita com o dinheiro de doação, por exemplo, pessoa que tem promessa e comerciantes empresários contribui para que possamos manter a tradição na Cidade de São Miguel.
  

Flamengo liga o alerta contra “confusão”

Já são quatro jogos sem vencer e apenas seis pontos somados, nos últimos 21 disputados. Sete rodadas atrás, o Flamengo vinha de cinco vitórias consecutivas. Desde então, foram três derrotas (para Grêmio, Goiás e Bahia), três empates (Palmeiras, Fluminense e São Paulo) e uma vitória (Corinthians). 
A derrota para o Bahia, por 2 a 1, domingo, em Salvador (BA), pela 25ª rodada do Campeonato Brasileiro, fez o time da Gávea ligar novamente o sinal de alerta contra o rebaixamento, ou “confusão”, como o técnico Vanderlei Luxemburgo gosta de chamar a turma dos quatro últimos times da tabela. 
Com 31 pontos, o rubro--negro está na 12ª posição, a 12 pontos do G-4 e a seis do Palmeiras, primeira equipe na zona de rebaixamento. De Salvador, a delegação rubro-negra seguiu ontem para Natal, onde enfrenta o América, amanhã, às 22h, na Arena das Dunas, pela partida de ida das quartas de final da Copa do Brasil. 
O confronto de volta será dia 15 de outubro, no mesmo horário, no Maracanã. O Flamengo é o atual campeão da competição. Pelo Campeonato Brasileiro, o rubro-negro recebe o Santos, sábado, às 16h20, no Rio de Janeiro.
Portal da Band

DEVOTOS LOTAM A IGREJA MATRIZ PARA PARTICIPAR A MISSA SOLENE

Na manhã desta segunda feira 29 de setembro foi celebrada na igreja matiz a missa solene da festa do padroeiro São Miguel Arcanjo foi presidida pelo administrador paroquial Pe. Valdeci e concelebrou os Padres de outras paróquias. E ao meio dia os fiéis acompanharam a salva e a consagração ao Arcanjo Miguel.